14 abr
  • Por Administrador

Arquitetura Vernacular

por Nathalia Caldas | sob supervisão de Janaína Vieira

Em Cavalcante, um dos 6 municípios que compõem a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, a equipe Supren encontrou o casal Bruno Ferreira e Juliana Luz, que se tornaram referência e inspiração para os que desejam viver fora dos centros urbanos, optando por uma moradia ecológica.

Bruno é arquiteto, e escolheu o caminho da arquitetura sustentável. Ele é um dos proprietários da Simbiose Arquitetura, empreendimento especializado em arquitetura viva e paisagismo, utilizando um método que reúne a sabedoria ancestral e a modernidade. O resultado são espaços lindos, confortáveis e sustentáveis.

A arquitetura vernacular traz o conhecimento transmitido de geração em geração, com soluções que usam recursos locais para se adaptar ao contexto da região. As casas de adobe, por exemplo, são uma tecnologia ancestral trazida da África. Os tijolos são feitos utilizando apenas terra crua e água, e por não terem suas moléculas compactadas, garantem um grande conforto térmico em locais secos e quentes.

Erguidas para a autopreservação, as casas ecológicas podem ser a solução para assentamentos, comunidades e cidades que buscam a sustentabilidade e reduzir o impacto ao meio ambiente. Além da harmonia com a natureza, esse é um chamado para a mudança de ações e consciência para o bem coletivo.

Assista a reportagem completa no Canal Supren:  https://youtu.be/jNsnm6_0Yfg

 

#UniaoPlanetaria #TVSupren #ComunicacaoPositiva #ods #odsonu #agua #sustentabilidade #arquiteturavernacular #arquitetura #arquiteturasustentavel #natureza #meioambiente

Deixar um Comentário