09 mar
  • Por Administrador

Reciclagem atinge índice de 62% no DF

por Nathalia Caldas | sob supervisão de Janaína Vieira

O Serviço de Limpeza Urbana publicou um relatório com os dados sobre a gestão do lixo, referentes ao período de janeiro a setembro de 2020, e o DF apresentou o índice de 62% dos materiais devidamente reciclados. Esse valor representa cerca de 2,6 mil toneladas de lixo coletados por dia.

Os números mostram como a reciclagem vem se tornando uma realidade na vida dos brasilienses, mas ainda é preciso mais esforço. Na lógica da coleta seletiva, cada agente tem sua importância, sobretudo o cidadão comum, que pode ser um grande facilitador do trabalho, separando o lixo adequadamente e o descartando nos dias corretos.

A separação deve ser feita da seguinte maneira: em uma lixeira vão os rejeitos, ou seja, tudo o que não pode ser reciclado ( lixo do banheiro, embalagens sujas ou molhadas, guardanapos usados, etc.), na outra lixeira vão os resíduos secos que podem ser reciclados (embalagens limpas, papel, plástico, isopor, etc.). Além disso, os restos de comida podem, e devem, ser compostados.

E como fazer o descarte correto dos resíduos? Se não tem coleta seletiva na sua casa, faça a separação correta e leve até um ponto de entrega voluntária, seja em um Papa Reciclável ou no Papa entulho. Se existe coleta seletiva na sua região, fique atento aos dias e horários que o caminhão passa na sua porta. Assim, você garante que os materiais sejam destinados às cooperativas de catadores de materiais recicláveis.

Assista a reportagem completa: https://youtu.be/MEzGojZtB2c

 

#UniaoPlanetaria #TVSupren #ComunicacaoPositiva #ods #odsonu #coletaseletiva #lixo #reciclagem #SLU #cooperativa #catadores

Deixar um Comentário