07 abr
  • Por União Planetária

Novas ideias adequam a solidariedade e o trabalho de brasileiros em tempo de quarentena

por Águida Leal | sob supervisão de Janaína Vieira

Os projetos solidários que costumavam acontecer no país tiveram que ser adaptados. O contato físico ainda é mínimo ou nulo, para que não haja contágio do novo coronavírus. Sendo assim, ONGs e voluntários passaram a agir de maneira diferente.

Este é o caso da ONG Juntos para o Bem, que em Limeira-SP surgiu com o Varal Solidário. Uma forma de manter as doações de alimentos a pessoas em situação de rua.

Com a mesma preocupação com o contágio, agricultores do Distrito Federal criaram pontos de drive-thru para continuarem vendendo suas frutas, legumes e verduras orgânicas sem interação direta. A iniciativa impede que os alimentos possam ser perdidos ou descartados por falta de consumo e mantém a renda das famílias que as produzem. As mudanças começaram a acontecer após o Decreto GDF nº 40.583/2020 – Coronavirus que estendeu o isolamento social até 3 de maio, sendo para instituições de ensino até o dia 31. A medida espera conter o contágio e diminuir o número de casos do novo vírus.

 

Deixar um Comentário