17 mar
  • Por União Planetária

Novo emplacamento segundo padrão Mercosul não é obrigatório

por Águida Leal | sob supervisão de Janaína Vieira

A adesão a Placa do Mercosul está disponível desde o início de fevereiro, porém não há obrigatoriedade em todos os casos

Os estados brasileiros seguem aptos para o novo emplacamento segundo acordo do Mercosul, sendo obrigatório apenas para veículos novos, veículos que trocaram de município ou estado e em casos de furto, roubo ou perda da placa cinza, esta ainda é aceita nas ruas brasileiras sendo substituída de forma gradual conforme sua vida útil.

Nesta nova atualização de modelo, cada placa recebe um QR Code diferente para facilitar o rastreamento e uma maior quantidade de placas geradas, sendo o valor maior que 450 milhões de combinações possíveis.

A mudança ocorreu como correção da antiga placa que possuía chip e elementos gráficos patenteados. A troca pode ser feita em qualquer estabelecimento credenciado pelo Detran-DF e não possui valor fixo ou tabelado. Esta mudança também ocorreu na Argentina, Paraguai e Uruguai.

COMENTÁRIOS (1)

Muchas gracias. ?Como puedo iniciar sesion?

Deixar um Comentário