13 fev
  • Por Administrador

A União Planetária reabre edital para seleção de assistente de projetos

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 002/2017)

PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE ASSISTENTE DE PROJETOS POR TEMPO DETERMINADO

A União Planetária torna público o presente edital, que estabelece instruções destinadas à realização deste Processo Seletivo Simplificado para contratação de um Assistente de Projetos que integrará a equipe do Centro de Referência em Direitos Humanos do Distrito Federal, convênio de n° 827620/2016, celebrado entre a Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania SEDH/MJC e a Ong.

A vaga em aberto é disposta na área administrativa. Os interessados devem encaminhar seus currículos e cartas de motivação para selecaocradh@uniaoplanetaria.org.br até o dia 25 de fevereiro.

Data do Edital: 10/02/2017.

Prazo para candidatura10/02/2017 a 25/02/2017.

Local de trabalho: Brasília.

Atuar como: Assistente de Projetos.

Prazo de contrato: 11 meses.

Valor: conferir no edital

Início: imediato.

Acesse o edital e confira outras informações essenciais aqui.

CRDH/DF

O Centro de Referência em Direitos Humanos do Distrito Federal – Casa dos Diretos União Planetária – iniciou suas atividades no ano de 2012, já tendo atendido mais de 4.000 cidadãos e cidadãs vítimas de violações de direitos humanos. Tem como ponto de partida, atividades que visam à humanização, à emancipação do ser humano, à transformação social, construindo realidades mais justas e igualitárias. 

O público-alvo do projeto são Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), Populações quilombola, ribeirinhos, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência, pessoa atingida por hanseníase, catadores, vítimas de intolerância religiosa, de preconceito racial, indígenas, mulheres vítimas de violência e preconceito, trabalho escravo, ciganos, pessoas em vulnerabilidade social e econômica, atores de governos públicos, educadores e profissionais do sistema educacional, beneficiários de programas sociais, lideranças em Direitos Humanos e movimentos sociais, egressos do sistema prisional, profissionais do sexo, refugiados ambientais, vítimas de xenofobia, vítimas de conflitos agrários, pessoas em sofrimento psíquico, população carcerária e familiares, proteção a testemunha, ou seja, todas as vítimas do preconceito, da discriminação, intolerância, desrespeito, abusos e maus tratos, negligência e abandono.

Nesta nova fase de atuação, fruto de uma parceria com a Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania, o Centro de Referência terá como meta prestar atendimentos jurídicos e psicossociais voltados à promoção e defesa dos direitos humanos, atuando em sua sede e também de forma itinerante, atendendo diversas regiões do Distrito Federal e focando seu trabalho em áreas de conflitos moradia, que reúnem também latentes e importantes demandas por acesso a direitos. Buscará, ainda, integrar-se intensamente à rede de defesa dos direitos humanos e aos movimentos sociais no Distrito Federal e à rede de Centros de Referência em Direitos Humanos em todo território nacional.

Deixar um Comentário